Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

24 de novembro de 2010

Queen - Discografia.

Queen é uma banda de rock que já vendeu mais de 300 milhões de cópias no mundo inteiro e é liderada atualmente por Brian May (guitarra) e Roger Taylor (bateria). Foi uma das mais populares bandas inglesas dos anos 1970 e 1980, sendo precursora do rock tal como hoje o conhecemos, com magníficas produções dos seus concertos e videoclipes das suas canções. Mesmo nunca tendo sido levada a sério pelos críticos da sua época, que consideravam a sua música “comercial” (a crítica de hoje considera os Queen como uma das melhores bandas de rock de todos os tempos), a banda tornou-se a das mais famosas entre o público, graças à sua mistura única entre as complexas e elaboradas apresentações ao vivo e o dinamismo e carisma da sua estrela maior, o vocalista Freddie Mercury. 

O início da banda remonta a 1967, quando Brian May, Tim Staffell e Roger Taylor formaram o trio Smile, no Imperial College em Londres, onde todos estudavam. Após a saída do baixista e vocalista do grupo, Tim Staffell, na Primavera de 1970, May e Taylor foram apresentados por Staffell a Farrokh Bulsara em Abril do mesmo ano, o qual viria a ser o vocalista da nova banda com o nome artístico Freddie Mercury, batizando a banda com o nome Queen. Em 1971, John Deacon completou a formação do Queen como baixista. 

História.

1968-1971.

Brian May e Tim Staffel, amigos de escola, decidem formar uma banda e coloca um anuncio no Imperial College a procura de um baterista ao estilo Ginger Baker (baterista da banda Cream). Roger Taylor responde ao anuncio e junto com Tim e Brian formam o grupo Smile que chegou abrir shows do Jimi Hendrix. Freddie era colega de quarto de Tim e seguia assiduamente os concertos do grupo. A essa altura, Freddie era vocalista de outras bandas, como os Wreckage e mais tarde o Ibex. Para além disso, não tinha qualquer problema em partilhar as suas ideias acerca da direção musical que os Smile deviam tomar. 

Tim decidiu então pôr fim à sua carreira nos Smile e juntou-se a uma banda chamada Humpty Bong. Freddie substituiu-o e muda o nome da banda para Queen, que não agradava de começo os outros integrantes. Então o grupo começa à procura de um baixista profissional. O primeiro seria Barry Mitchell; só em 1971 o grupo descobriu John Deacon. Com a formação definida, o quarteto estava definitivamente em marcha, possuidores de uma imagem inovadora, desfazendo regras musicais anteriores, compondo temas de absoluta originalidade, nada, ou bem pouco a ver com o resto do rock daqueles tempos. 

Anos 70.

O primeiro álbum da banda, intitulado Queen, foi lançado como uma revolução no Reino Unido, mas não teve o sucesso esperado. Este álbum caracterizou-se por um som pesado, misturando a banda à onda heavy metal que já existia na Inglaterra do início da década de 1970. Deste álbum, destaca-se a faixa “Keep Yourself Alive”, canção que conseguiu alcançar o Top 40 do Reino Unido. 

O segundo álbum, Queen II, já apresentava um som mais melódico, mostrando já a influência que Freddie viria a ter nas composições da banda. Aqui destaca-se a composição “Seven Seas of Rhye”, primeira canção da banda a alcançar o Top 10 do Reino Unido. 

A partir do terceiro álbum, Sheer Heart Attack, a banda viria a ter os seus álbuns distribuídos pela Trident e EMI, ocasionando assim uma reviravolta na trajetória da banda. Lançado em 1974, o álbum foi o primeiro da banda a estar entre os 10 mais vendidos da Inglaterra, e tornou o Queen conhecido dos dois lados do Atlântico. A turnê nos EUA foi um sucesso, o que abriu caminho para que a banda pudesse concretizar a sua obra-prima. 

Em 1975, o Queen lançou o disco A Night at the Opera, também conhecido entre os fãs como o “White Album” da banda, numa alusão ao disco de mesma altura dos Beatles. Este disco, primeiro da banda a conseguir disco de platina, primeiro a vender mais de um milhão de cópias, primeiro a atingir o topo das paradas do Reino Unido e EUA, definiu um novo tipo de Rock: o rock arte, realizado como uma grande produção, para ser apreciado por todos os ouvidos. Usando uma técnica de retorno da voz, esse disco criou o som que se tornou marca registrada do Queen e o lançou para a fama. Suas canções refletem o espírito da banda: rock pesado com “I’m Love with My Car”; baladas românticas com “Love of My Life” (que foi apresentada por Mercury no Morumbi – São Paulo em 1981 da seguinte forma: “The things that we do for money.” “As coisas que a gente faz por dinheiro.”, e foi cantada por toda a multidão que presenciou esse show maravilhoso) e “You’re my Best Friend”; experimentalismo com “The Prophet’s Song”, e uma canção impossível de se classificar, como “Bohemian Rhapsody”. Esta Opera Rock, quando lançada em 1975, recebeu críticas por não ter apelo comercial e ser muito longa. No entanto, a gravadora bancou a aposta, e o resultado foi estrondoso: primeiro lugar das paradas durante nove semanas consecutivas, os quatro álbuns dos Queen entre os vinte mais vendidos, um vídeo clipe que ficou conhecido mundialmente pela sua produção e a sua qualidade, iniciando a era do vídeo clipe e é considerada por muitos o maior clássico da história do Rock n’ Roll. Após esse álbum, a banda consolidou-se efetivamente como uma das grandes bandas de Rock, firmando terreno para mais e mais sucessos. Aqui, os seus membros (principalmente Mercury) já apresentavam suas excentricidades que ficariam mundialmente conhecidas. Curiosamente, quando o álbum foi lançado em K7, a canção Bohemian Rhapsody, sua complexidade era tanta que neste ponto a fita ficava transparente; mais, esta canção sempre que era tocada ao vivo em um dos concertos dos Queen ou era como parte de um meddley ou colocavam uma gravação nas partes mais complexas. 

Em 1976, o álbum seguinte, “A Day at the Races” (ambos uma ironia, por se tratarem de títulos de filmes dos Irmãos Marx), foi mais dirigido pela guitarra de Brian May e pela bateria de Roger Taylor, tendo, portanto, canções mais pesadas, tais como “Tie Your Mother Down” e “White Man”. No entanto, aqui encontramos outra obra prima de Freddie Mercury: “Somebody to Love”, uma canção recheada de exageros vocais e complexas passagens vocais, que tornou-se êxito imediato e que foi executada excepcionalmente em 1982, no Show Queen On Fire, mais conhecido como Live at the Bowl. 

Em 1977, “News of The World” trouxe os grandes hits dos estádios da banda, “We Will Rock You” e “We Are the Champions”, além da belíssima “Spread Your Wings”, composta pelo baixista John Deacon.Os Queen serviram-se muito dos grandes estádios, fazendo shows marcantes (sobretudo se considerarmos que o som era feito exclusivamente pelos quatro integrantes, salvo ajudas de Spike Edney nos últimos shows), que criavam uma relação única com o público, sendo reconhecidos até mesmo pela crítica (alguns consideram os shows feitos pelo Queen em Wembley em 1986 como os melhores shows de rock de todos os tempos, sem falar no estrondoso público de 250 mil pessoas do Rock in Rio). 

“Jazz”, o álbum seguinte, de 1978, foi mal recebido pela crítica, sob a alegação que o álbum pouco tem a ver com Jazz, apesar do instrumental acústico refinadíssimo e a alma nervosa e suave das canções – o que parece ser o motivo do nome, não suas semelhanças formais imediatas com o jazz (como acontecia por exemplo com os álbuns de Led Zeppelin, em que se pode dizer que este tom é muito mais evidente). Jazz também decepcionou a banda com relação à aceitação do público. Apesar disso, obteve alguns sucessos, como “Fat Bottomed Girls” e “Bycicle Race” (esta última, no Estádio de Wimbledon, teve como produção uma volta completa no estádio de dezenas de mulheres nuas em bicicletas, o que causou um certo choque na opinião pública). 

Em 1979 lançam “Live Killers”, um álbum duplo gravado ao vivo na sua turné mundial entre Janeiro e Abril. Brian May aparece espetacularmente em “Brighton Rock” chegando a ser mencionado por Eric Clapton como um dos melhores guitarristas no cenário do rock mundial. 

Anos 80.

O ano de 1980 marcou uma mudança no som da banda, até então sempre ressaltada nas capas dos seus discos com a frase “No Syntethizers!”. Após o lançamento do álbum ao vivo “Live Killers”, em 1979, os Queen lançaram o álbum “The Game”,combinação entre o glamoroso rock dos anos 70 e a plasticidade da década seguinte, o qual demonstrava a intenção da banda em inserir na sua música a eletrônica. Este álbum foi um sucesso principalmente nos EUA, onde a canção “Another One Bites The Dust”, com sua belíssima linha de baixo (inspirada na canção do Good Times da banda Chic), alcançou o topo das paradas de rock, soul e disco. Além dessa canção, o rockabilly “Crazy Little Thing Called Love” tornou-se outro sucesso da banda. 

Então, a banda lançou a trilha sonora do filme “Flash Gordon”, em 1980. Este disco, pela primeira vez, representou um grande fiasco da banda, não agradando tanto a crítica quanto os fãs. 

Com sua popularidade reduzida na Europa, fortemente impactada pela onda Punk que surgia no Reino Unido, o Queen passou a buscar novos mercados para seu som, iniciando visitas a países fora do eixo EUA, Europa, Japão. Pela primeira vez uma grande banda realizava turnês na América do Sul e África. Na sua primeira passagem pelo Brasil, em 1981, nos doze meses que antecederam o show as rádios de São Paulo só tocavam as canções dos Queen. 

O lançamento do disco “Hot Space”, em 1982, trazia um som muito diferente,substituindo o heavy metal e o hard rock, por um estilo mais disco/funk, e música eletrônica, foi recebido com alguma desconfiança pelos fãs, que já não viam ali a mesma criativa e inovadora banda, no entanto a sua turnê foi um grande sucesso mostrando que mesmo com um álbum pouco conceituado as suas exibições continuavam a atrair mais público. Neste álbum, temos a primeira participação dos Queen com outro cantor, David Bowie, na faixa “Under Pressure”. 

Essa época,antecipava a carreira a solo de Freddie divorciada do rock virando-se para a pop eletrônica. Já eram conhecidas as brigas e discussões dos integrantes da banda, com constantes idas e vindas, ameaças de saída, entre outros problemas,no entanto a banda sempre se manteria junta. Essa década foi marcada pelos trabalhos solo dos integrantes do grupo, marcando assim uma maior distância entre os álbuns. Ficou conhecida na imprensa inglesa a briga que os integrantes promoveram entre as gravações do disco The Works. 

Após lançar “The Works”, em 1984, o Queen teve no ano seguinte a sua redenção. Convidados para participar do Rock in Rio, verdadeira cidade do Rock construída no Rio de Janeiro, a banda roubou a cena dos espetáculos, tanto pelas excentricidades de seus integrantes quanto pela beleza de suas apresentações ao vivo, realizados para mais de 250 mil pessoas com a tranquilidade de um espetáculo caseiro. 

Em 13 de Julho de 1985, o Queen mostrou a todo o mundo sua condição de Estrela do Rock, ao atrair todas as atenções para o show beneficente Live Aid, em prol das vítimas da fome na África.Essa apresentação do Queen no Live Aid é para muitos críticos o maior show de rock de todos os tempos. Provavelmente nesse mesmo ano Freddie Mercury contrai a AIDS, e já surgem pequenas especulações(todas negadas pelos Queen). 

Em 1986 a banda lança o disco “A Kind of Magic”, contendo a trilha sonora do filme “Highlander”. Este disco trouxe os Queen de volta as paradas de sucesso, com canções bem mais produzidas como “Who Wants To Live Forever”, “Friends Will be Friends”, “A Kind of Magic” e “One Vision”. 

No mesmo ano a banda inicia a Magic Tour, a turnê que gerou mais lucros para o Queen, com estádios lotados, e vários registros em vídeo e áudio. A turnê foi feita apenas em países europeus. 

Em 9 de Agosto de 1986 o Queen se apresentou pela última vez em público. Eles não conseguiram o Wembley novamente pois o estádio já estava reservado, então Roy Thomas Baker(empresário do Queen e ex-produtor da banda), consegue agendar um show no Knebworth Park, que teve todos os ingressos vendidos em duas horas; mais de 140 mil fãs se espremeram no parque para vislumbrar o Queen ao vivo pela última vez. Especula-se que o grupo já sabia de antemão, que tratava-se de uma despedida dos palcos. 

Em 1987 o Queen sai de férias, Freddie Mercury lança seu segundo álbum solo “The Great Pretender”. Mais tarde Freddie descobre um caroço em seu ombro, e vai consultar seu médico, que ao fazer a autópsia do caroço descobre que Freddie Mercury é soropositivo. Freddie Mercury então conta á Jim Hutton, na época seu namorado e mais tarde a Roger Taylor. 

Em 1988 Freddie Mercury faz seu terceiro álbum solo com a participação da soprano Montserrat Caballé (a cantora preferida de Freddie Mercury). A música título do álbum mais tarde virou o hino das Olimpíadas de Barcelona 92′. No mesmo ano,Roger Taylor monta uma banda paralela chamada “The Cross” e Brian May segue carreira solo em trabalhos paralelos. 

Em 1989 o Queen retorna a ativa e lança o disco “The Miracle” o primeiro a ser lançado em LP e CD simultaneamente, que ficou conhecido pela complexidade de sua capa, então um desafio para os níveis de computação gráfica da época. O Disco trazia grandes sucessos como: The Miracle, I Want It All, Scandal, Breakthru e Invisible Man. O álbum obteve um grande sucesso,e mais do que nunca esse álbum foi o símbolo de que o Queen estava mais unido do que nunca. 

Anos 90.

Em 1991 começaram a surgir rumores mais fortes de que Freddie Mercury estava com AIDS. O cantor negou, mas sabendo da verdade (assim como seus companheiros de banda), ele decidiu gravar um álbum livre de conflitos e diferenças. Este álbum foi Innuendo. Embora sua saúde começasse a se deteriorar, Mercury esforçou-se para finalizar suas contribuições. Destacam-se as canções “The Show Must Go On”,”These Are The Days Of Our Lives”,”Innuendo” e “I’m Going Slight Mad”. 

Em Abril os Queen gravaram o vídeo clipe da música “These Are The Days Of Our Lives” onde se pode ver um Freddie Mercury muito magro e com uma voz mais fraca,o que causa preocupação de seus fãs quanto ao seu estado. 

Em 23 de Novembro de 1991, em uma declaração gravada em seu leito de morte, Freddie Mercury finalmente divulgou que tinha AIDS. Doze horas depois do anúncio, Mercury morreu vítima de uma broncopneumonia aos 45 anos de idade. Seu funeral foi privado, feito de acordo com os princípios religiosos zoroástricos de sua família.Freddie foi cremado e suas cinzas estão no Garden Lodge. 

Em 20 de Abril de 1992 o público dividiu a tristeza pela perda de Freddie no “The Freddie Mercury Tribute Concert”, realizado no Estádio de Wembley de Londres em sua homenagem. Músicos como Annie Lennox, David Bowie, Def Leppard, Elton John, Extreme, Guns N’ Roses, George Michael, Liza Minnelli, Metallica, Robert Plant, Roger Daltrey e Tony Iommi, juntamente com os integrantes remanescentes dos Queen, tocaram os maiores sucessos da banda.
Os Queen na verdade nunca se separaram, embora seu último álbum de inéditas tenha sido lançado em 1995, ironicamente intitulado Made In Heaven (”Feito No Paraíso”). Lançado quatro anos depois da morte de Freddie, foi feito a partir das últimas sessões gravadas pelo cantor em 1991, além de material descartado de álbuns anteriores. 

Em 1997, John Deacon, depois de gravar o vídeo clipe “No one But You” (música em homenagem a Freddie Mercury) junto com o Queen, decide sair da banda para se dedicar a sua família. 

Anos 2000.

Em 2005 os membros remanescentes do Queen (Brian May e Roger Taylor) juntam-se a Paul Rodgers, ex-integrante do grupo Free e do Bad Company,e fazem uma extensa turnê pela Europa e que até virou um registro em DVD chamado “Return Of The Champions” 

Em 2007 o Queen lança o compacto single “Say It’s Not True” que foi lançado também para download na internet. A música, composta por Roger Taylor, fala sobre a AIDS. 

Em 2008 o Queen+Paul Rodgers lançam o 1°. álbum inédito desde o Made in Heaven, chamado “The Cosmos Rocks”. 

Curiosidades.

* Os Queen foram considerados pela VH1, a 13ª melhor banda de Hard-Rock de sempre, na lista The Greatest:100 Greatest Artists of Hard Rock. 

* Freddie Mercury foi considerado pela revista Rolling Stone, como o 18º melhor cantor de sempre, na lista The 100 Greatest singers of All Time. 

* Brian May foi considerado pela revista Rolling Stone, como o 39º melhor guitarrista de sempre, na lista The 100 Greatest guitarrists of All Time. 

* Ao longo da sua história os Queen lançaram álbuns considerados verdadeiras “pérolas” para o Rock como é o caso de “Queen II”, “Sheer Heart Attack”, “A Night At The Opera” e “The Game”. 

* Guitarrista Brian May foi nomeado Comandante do Império Britânico. 

* O Queen é um dos poucos grupos estrangeiros a ter uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood. 

* Roger uma vez decidiu deixar seu cabelo mais loiro e resolveu pintar antes de um show em 1979. Porém, ele não leu as instruções no pacote e o seu cabelo ficou verde. O resto da banda ficou rindo e brincando com ele, especialmente Freddie. Não há muitas fotos desse show, pois Roger tentou destruir todas dele.

* Antes de ser cantor do Queen, Freddie Mercury foi campeão de tênis de mesa. Formado em Ilustração e Design, foi o criador do logotipo do Queen e responsável pelas capas dos primeiros discos do grupo. 

* Freddie Mercury faleceu em 24 de novembro de 1991, de broncopneumonia, causada pelo vírus HIV. No mesmo dia morreu de câncer Eric Carr, baterista do Kiss. 

* A famosa guitarra Red Special de Brian May foi construída pelo próprio guitarrista com a ajuda do pai, usando materiais como uma lareira e peças de moto para construção. 

* Roger odeia a capa do disco “Hot Space“, “Freddie e eu pensamos que ia ficar ótimo, e é absolutamente uma merda”. 

* A partir do álbum The Miracle, todas as músicas do Queen dava créditos de composição para a banda, não para só um integrante ou outro. 

* Roger Taylor estava tão decidido em ter “I’m In Love With My Car” como b-side do single Bohemian Rhapsody, que ele se trancou num armário até Freddie concordar em colocá-la no single. 

* Freddie Mercury era africano. Nasceu em Zanzibar, que pertence à Tanzânia.

* Antes do Queen, Roger Taylor e Brian May tinham, junto com Tim Staffell um conjunto chamado Smile.

* Roger estava bêbado na gravação do vídeo de “Who Wants To Live Forever”. 

* Antes de Queen, Freddie Mercury foi vocalista das bandas Wreckage e Ibex, ele também utilizava o nome Larry Lurex no início da carreira. 

* Quando Roger saiu do camarim para o vídeo de “I Want to Break Free”, David (o diretor) disse: “Roger você está tão linda que eu poderia te comer”, sem perceber que isso estava sendo filmado. 

* No dia 24 de setembro de 1998, Roger Taylor entrou pro Guinnes Book of Records “por tocar para a maior audiência via internet, acessado pelo site do Queen, o qual o recorde de 595,000 hits durante o evento. 

* Freddie Mercury nunca dirigiu um carro. 

* John Deacon foi quem fez o primeiro amplificador usado por Brian May no Queen. 

* Em 1976 o Queen iria tocar num programa de TV, mas acabam desistindo na ultima hora. Quem se apresenta no lugar do Queen é então os desconhecidos Sex Pistols que enchem de palavrões o programa. Alguns dias depois o programa sai do ar. 

* O Álbum Greatest Hits I lançado em 1981 é o álbum mais vendido do Reino Unido, superando o Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band dos Beatles. 

* Brian May já fez parceria com o Paralamas do Sucesso no álbum “Severino” em uma das músicas. 

* A mulher que aparece no clipe “Breakthru” era na época a mulher de Roger Taylor. 

* Roger e Brian odeiam o clipe “It’s a Hard Life”. 

* A canção “Love Of My Life” é dedicada a Mary Austin, ex-esposa de Freddie Mercury. 

* Roger Taylor deixou a barba crescer entre 1969-1970 pois todos na rua o confundiam com uma mulher. 

* Depois dos anos 70 os integrantes do Queen começaram a viajar em aviões separados, pois caso um avião caísse, o resto dos músicos continuariam vivos. 

* Uma grande inspiração para a banda Dream Theater foi a banda Queen, até em alguns shows a banda tocou covers. 

Queen ao Vivo.

As apresentações ao vivo dos Queen eram verdadeiramente inovadoras, empregando grande quantidade de luzes, pirotecnias e outros efeitos especiais que transformavam o espetáculo em um evento teatral. A energia com que tocavam, a empolgação, era tão natural e genuína que frequentemente a plateia se juntava a eles cantando e participando. Mercury emergia-se na adulação do público e personificava sua empolgação, uma característica a qual muitos, inclusive Kurt Cobain e Axl Rose, demonstravam profunda admiração. 

Os Queen começaram a compor canções com o propósito específico de envolver a plateia, como “We Will Rock You” e “We Are The Champions” e outras, como “Radio Ga Ga”, que incluíam palmas como meio rítmico. Isso resultou num momento marcante no Live Aid quando cada pessoa da multidão de quase cem mil pessoas no estádio Wembley batia palmas por sobre suas cabeças em uníssono durante “Radio Ga Ga”. 

O Queen embarcou em muitas turnês bem-sucedidas, com shows memoráveis (incluindo a histórica apresentação no Live Aid) feitos no Estádio Wembley na Inglaterra e na “Cidade do Rock”, local montado especialmente para o festival Rock in Rio no Brasil,e a última turnê do grupo, divulgando o álbum A Kind of Magic. 

No entanto, devemos caracterizar os concertos por fases distintas. Na década de 1970, em particular as excursões para promover os álbuns Queen II (1974), Sheat Heer Attack (1974) e A Night at The Opera (1975), o grupo tocava várias canções em formato medley, versões curtas de hits, para ganhar fôlego com canções mais difíceis de serem executadas ao vivo. Como a maioria das canções destes discos possuíam longa duração, a estratégia funcionava, mas para quem conhece mais profundamente o trabalho da banda, o resultado não era tão bom. Canções de boa parte destes discos (ricos, experimentais e inovadores)não foram mais tocadas a partir da década de 1980, quando sintetizadores tomaram parte do som dos Queen. Para muitos críticos, o Queen conseguia superar seus discos tocando ao vivo, o que é raro num show, mesmo sendo fiel aos arranjos de estúdio. Outros temas, de fato, não atingiam uma qualidade comparável no disco, como a melódica “Life Is Real” (do álbum Hot Space, 1982), homenagem a John Lennon, e “The March Of The Black Queen” (Queen II). 

Na década de 80 os hits mais conhecidos eram explorados em todas as turnês, com versões mais rápidas, ora adicionando ou retirando arranjos. Muitos destes shows estão disponíveis no You Tube. 

Com Paul Rodgers, o Queen voltou à estrada em 2005, com o lançamento de um DVD e CD batizado “Return of the Champions”. 

Isso mesmo, em 26 de novembro de 2008 o Queen voltou a tocar no Brasil depois de vinte e três anos. Agora para divulgar o disco “The Cosmos Rock” (2008) tornando-se oficialmente o mais recente depois de “Made in Heaven” (1995). Agora como trio (May, Taylor e Paul Rodgers) fizeram dois concertos bem-sucedidos no Rio de Janeiro e em São Paulo. O disco também foi lançado em vinil. 

Queen no cinema.

O Queen contribuiu diretamente para os filmes Flash Gordon (1980) e Highlander (o filme original de 1986, dirigido por Russell Mulcahy). Vários outros filmes tiveram canções do grupo, incluindo Águia de Aço (One Vision), A Vingança dos Nerds, Quanto Mais Idiota Melhor (Bohemian Rhapsody), Pequenos Guerreiros, Máquina Quase Mortífera, Super Size Me - A Dieta do Palhaço, Coração de Cavaleiro, Todo Mundo Quase Morto, Jogo de Amor Em Las Vegas, Show de Vizinha e Eu os Declaro Marido e... Larry. 

Recentemente, Brian May anunciou a intenção de gravar um filme biográfico sobre Freddie Mercury. O projeto evoluiu rápido, sendo notícia em vários jornais. Foi confirmado de que o escolhido para representar Freddie seria o ator inglês Sacha Baron Cohen, famoso pelo recente sucesso mundial Borat. O ator aceitou o convite para o filme. 

Queen no teatro musical.

No dia 14 de maio de 2002, um musical ou "teatro de rock" baseado nas canções do Queen, intitulado de We Will Rock You, estreou no Dominion Theatre no West End de London. O musical foi escrito pelo comediante e autor inglês Ben Elton em colaboração com Brian May e Roger Taylor. Ele foi desde então apresentado em Barcelona, Espanha; Melbourne, Austrália; Amsterdã, Países Baixos e Las Vegas, Nevada, Estados Unidos da América, além de um show no Japão em comemoração ao 130º Aniversário da empresa Toshiba. 

O lançamento do musical coincidiu com o jubileu de ouro da Rainha. Como parte da celebrações do jubileu Brian May apresentou um solo de guitarra de "God Save the Queen", como apresentado no álbum do Queen A Night at the Opera, no Palácio de Buckingham. 

A nova investida dos integrantes remanescentes.

No final de 2004, Brian May e Roger Taylor participaram num concerto de beneficência em prol das vítimas da AIDS, tendo como vocalista Paul Rodgers (ex-vocalista das bandas de blues rock e hard rock Free, Bad Company e The Firm). Esse concerto foi determinante na decisão de se fazer uma nova turnê do Queen em 2005, inicialmente chamada "Queen + Paul Rodgers's Tour 2005", a ser realizada, a princípio, na Europa. Com a desistência do baixista John Deacon, por motivos não completamente esclarecidos até o presente momento, os integrantes da banda procuraram alternativas para completar a sua formação. Inicialmente, convidaram o guitarrista Jamie Moses, que acompanha Brian May nas suas investidas solo, para a guitarra base, além do eterno "quinto elemento" dos Queen, Spike Edney, nos teclados. Posteriormente, foi convidado para ser o baixista oficial da turnê Danny Miranda, que participava na versão de Las Vegas do musical We Will Rock You. O Queen+Paul Rodgers lançou seu 1º álbum de inéditas em 1º de setembro de 2008, cujo nome é "The Cosmos Rocks" com Paul Rodgers nos vocais. 

Apesar da personalidade extravagante e teatral de Freddie Mercury ter sempre predominado na imprensa, os outros membros da banda foram também responsáveis pela criação de grandes êxitos: 

A maior parte dos álbuns do grupo contém pelo menos uma canção escrita por cada um dos membros, e embora Freddie Mercury tenha escrito muitos dos êxitos do grupo, não era de modo algum o compositor dominante; na verdade, os membros consideravam-se a si mesmo como criadores iguais, e até mesmo o mais quieto membro da banda, o baixista John Deacon, escreveu um dos seus maiores sucessos, “Another One Bites The Dust“. Os membros da banda fizeram também músicas juntos como “Friends Will Be Friends” que foi composta por John Deacon e Freddie Mercury, “Stone Cold Crazy” em que todos os membros foram creditados como compositores e também colaborações com outros artistas como no dueto em “Under Pressure” que foi composta por Freddie Mercury e David Bowie. Nos últimos anos, os quatro membros da banda contribuíram coletivamente para as canções que o grupo compunha; por isso, nos últimos álbuns The Miracle e Innuendo, todas as canções são assinadas pelo Queen, e não pelo compositor em único. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Freddie Mercury (Vocal e Piano)
Brian May Guitarra, Violão)
Roger Taylor (Bateria e Percussão)
John Deacon (Baixo e Teclado)
 

Reunião (2005 e 2008) 

Brian May Guitarra, Violão)
Roger Taylor (Bateria e Percussão)
Paul Rodgers (Vocal)
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro



Álbuns.

Smile (Pré Queen) - Gettin’ Smile (1969)
 
01. Doin' All Right
02. Blag
03. April Lady
04. Polar Bear
05. Earth
06. Step on Me
Bonus Tracks.
07. Man from Manhattan (Original Version)
08. Man from Manhattan (Back Again)
09. Hold On Me
10. Knock On Wood
11. NSU
12. How Can It Be
13. Step On Me (Take 1)
14. Step On Me (Take 2)
15. Purple Haze
16. Our Life Is Driftin'
17. Remember
18. Sweet Wine


Smile (Pré Queen)  - Ghost Of A Smile (1969)
 
01. Earth
02. Step On Me
03. Doin' Alright
04. April Lady
05. Blag
06. Polar Bear
07. The Man From Manhattan
08. The Man From Manhattan (2)
09. Going Back
10. Mad The Swine
11. I Can Hear Music
12. Emotion In Motion
13. Lost Opportunity
14. Soul Brother
15. Pock In Rio Blues
16. No-One But You


Pre Ordained (1971)
 
01. Mad the Swine
02. Step On Me
03. Earth
04. April Lady
05. Polar Bear
06. Blag
07. I Can Hear Music
08. Heart Be Still
09. Day the Talkies Came
10. I've Been to Hell and Back
11. Tear Down the Walls
12. Vamp
13. Black Swan
14. Going Back


Queen In Nuce (1969-1973)
 
01. Going Back
02. Polar Bear
03. Mad The Swine
04. April Lady
05. I Can Hear Music
06. Earth
07. Step On Me
08. Blag


Queen (1973)
 
01. Keep Yourself Alive
02. Doing Alright
03. Great King Rat
04. My Fairy King
05. Liar
06. The Night Comes Down
07. Modern Times Rock ‘n’ Roll
08. Son and Daughter
09. Jesus
10. Seven Seas of Rhye


Queen II (1974)
 
01. Procession
02. Father To Son
03. White Queen
04. Someday One Day
05. The Loser In The End
06. Ogre Battle
07. The Fairy Fellers Masterstroke
08. Nevermore
09. The March Of The Black Queen
10 Funny How Love Is
10. Seven Seas of Rhye


Sheer Heart Attack (1974)
 
01. Brighton Rock
02. Killer Queen
03. Tenement Funster
04. Flick of the Wrist
05. Lily of the Valley
06. Now I’m Here
07. In the Lap of the Gods
08. Stone Cold Crazy
09. Dear Friends
10. Misfire
11. Bring Back That Leroy Brown
12. She Makes Me (Stormtrooper in Stilettoes)
13. In The Lap Of The Gods... Revisited


A Night At The Opera (1975)
 
01. Death on Two Legs (Dedicated to…)
02. Lazing on a Sunday Afternoon
03. I’m in Love With My Car
04. You’re My Best Friend
05. ‘39
06. Sweet Lady
07. Seaside Rendezvous
08. Prophet’s Song
09. Love of My Life
10. Good Company
11. Bohemian Rhapsody
12. God Save the Queen


A Day At The Races (1976)
 
01. Tie Your Mother Down
02. You Take My Breath Away
03. Long Away
04. The Millionaire Waltz
05. You and I
06. Somebody to Love
07. White Man
08. Good Old-Fashioned Lover Boy
09. Drowse
10. Teo Torriatte (Let Us Cling Together)


News Of The World (1977)
 
01. We Will Rock You
02. We Are The Champions
03. Sheer Heart Attack
04. All Dead All Dead
05. Spread Your Wings
06. Fight From The Inside
07. Get Down Make Love
08. Sleeping On The Sidewalk
09. Who Needs You
10. It’s Late
11. My Melancholy Blues


Jazz (1978)
 
01. Mustapha
02. Fat Bottomed Girls
03. Jealousy
04. Bicycle Race
05. If You Can’t Beat Them
06. Let Me Entertain You
07. Dead on Time
08. In Only Seven Days
09. Dreamer’s Ball
10. Fun It
11. Leaving Home Ain’t Easy
12. Don’t Stop Me Now
13. More of That Jazz


Live Killers (1979)
 
CD 1.

01. We Will Rock You
02. Let Me Entertain You
03. Death On Two Legs
04. Killer Queen
05. Bicycle Race
06. I’m In Love With My Car
07. Get Down Make Love
08. You’re My Best Friend
09. Now I’m Here
10. Dreamers Ball
11. Love Of My Life
12. ‘39
13. Keep Yourself Alive
 

CD 2.

01. Don’t Stop Me Now
02. Spread Your Wings
03. Brighton Rock
04. Bohemian Rhapsody
05. Tie Your Mother Down
06. Sheer Heart Attack
07. We Will Rock You
08. We Are The Champions
09. God Save The Queen


The Game (1980)
 
01. Play The Game
02. Dragon Attack
03. Another One Bites The Dust
04. Need Your Loving Tonight
05. Crazy Little Thing Called Love
06. Rock It
07. Don’t Try Suicide
08. Sail Away Sweet Sister (To The Sister I Never Had)
09. Coming Soon
10. Save Me


Flash Gordon (Soundtrack 1980)
 
01. Flash’s Theme
02. In The Space Capsule (The Love Theme)
03. Ming’s Theme (In The Court of Ming The Merciless)
04. The Ring (Hypnotic Seduction of Dale)
05. Football Fight
06. In The Death Cell (Love Theme Reprise)
07. Execution Of Flash
08. The Kiss (Aura Resurrects Flash)
09. Arboria (Planet Of The Hawkmen)
10. Escape From The Swamp
11. Flash To The Rescue
12. Vultan’s Theme (Attack Of The Hawkmen)
13. Battle Theme
14. The Wedding March
15. Marriage Of Dale And Ming (and Flash Approaching)
16. Crash Dive On Mingo City
17. Flash’s Theme Reprise (Victory Celebrations)
18. The Hero
 
Bonus EP.
01. Flash (Single Version)
02. The Hero (October 1980... Revisited)
03. The Kiss (Early Version, March 1980)
04. Football Fight (Early Version, No Synths! - February 1980)
05. Flash (Live in Montreal, November 1981)
06. The Hero (Live in Montreal, November 1981)


Greatest Hits (1981)
 
01. Bohemian Rhapsody
02. Another One Bites The Dust
03. Killer Queen
04. Fat Bottomed Girls
05. Bicycle Race
06. You’re My Best Friend
07. Don’t Stop Me Now
08. Save Me
09. Crazy Little Thing Called Love
10. Somebody To Love
11. Now I’m Here
12. Good Old-Fashioned Lover Boy
13. Play The Game
14. Flash
15. Seven Seas Of Rhye
16. We Will Rock You
17. We Are The Champions
18. Teo Torriatte (Let Us Cling Together)


Hot Space (1982)
 
01. Staying Power
02. Dancer
03. Back Chat
04. Body Language
05. Action This Day
06. Put Out The Fire
07. Live Is Real (Song For Lennon)
08. Calling All Girls
09. Las Palabras De Amor (The Words of Love)
10. Cool Cat
11. Under Pressure
Bonus EP.
01. Staying Power (Live at Milton Keynes Bowl, June 1982)
02. Soul Brother (B-Side)
03. Back Chat (Single Remix)
04. Action This Day (Live in Tokyo, November 1982)
05. Calling All Girls (Live in Tokyo, November 1982)


The Works (1984)
 
01. Radio Ga Ga
02. Tear It Up
03. It’s A Hard Life
04. Man On The Prowl
05. Machines (Back To Humans)
06. I Want To Break Free
07. Keep Passing The Open Windows
08. Hammer To Fall
09. Is This The World We Created
Bonus EP.
01. I Go Crazy (B-Side)
02. I Want To Break Free (Single Remix)
03. Hammer To Fall (Headbanger's Mix)
04. Is This The World We Created...? (Live in Rio, January 1985)
05. It's A Hard Life (Live in Rio, January 1985)
06. Thank God It's Christmas (Non-Album Single)


Final Live In Japan (Bootleg 1985)
 
CD 1.

01. Tear It Up
02. Tie Your Mother Down
03. Under Pressure
04. Somebody To Love
05. Killer Queen
06. Seven Seas Of Rhye
07. Keep Yourself Alive
08. Liar
09. Instrumental Inferno
10. It’s A Hard Life
11. Dragon Attack
12. Now I’m Here
13. Is This The World We Created
14. Love Of My Life

CD 2.

01. Another One Bites The Dust
02. Hammer To Fall
03. Crazy Little Thing Called Love
04. Bohemian Rhapsody
05. Radio Ga Ga
06. I Want To Break Free
07. Jailhouse Rock
08. We Will Rock You
09. We Are The Champions
10. God Save The Queen


A Kind Of Magic (1986)
 
01. One Vision
02. A Kind Of Magic
03. One Year Of Love
04. Pain Is So Close To Pleasure
05. Friends Will Be Friends
06. Who Wants To Live Forever
07. Gimme The Prize (Murgans Theme)
08. Don’t Lose Your Head
09. Princes Of The Universe
Bonus EP.
01. A Kind Of Magic (Highlander Version)
02. One Vision (Single Version)
03. Pain Is So Close To Pleasure (Single Remix)
04. Forever (Piano Version)
05. A Kind Of Vision (Demo, August 1985)
06. One Vision (Live at Wembley Stadium, July 11th 1986)
07. Friends Will Be Friends Will Be Friends...


Live Magic (1986)
 
01. One Vision
02. Tie Your Mother Down
03. Seven Seas Of Rhye
04. A Kind Of Magic
05. Under Pressure
06. Another One Bites The Dust
07. I Want To Break Free
08. Is This The World We Created
09. Bohemian Rhapsody
10. Hammer To Fall
11. Radio Ga Ga
12. We Will Rock You
13. Friends Will Be Friends
14. We Are The Champions
15. God Save The Queen


At The Beeb, 1973 (1989)
 
01. My Fairy King
02. Keep Yourself Alive
03. Doin’ All Right
04. Liar
05. Ogre Battle
06. Great King Rat
07. Modern Times Rock ‘n’ Roll
08. Son and Doughter


The Miracle (1989)
 
01. Party
02. Khashoggis Ship
03. The Miracle
04. I Want It All
05. The Invisible Man
06. Breakthru
07. Rain Must Fall
08. Scandal
09. My Baby Does Me
10. Was It All Worth It
Bonus EP.
01. I Want It All (Single Version)
02. The Invisible Man (Early Version with Guide Vocal, August 1988)
03. Hang On In There (B-Side)
04. Hijack My Heart (B-Side)
05. Stealin' (B-Side)
06. Chinese Torture (Instrumental)
07. The Invisible Man (12'' Version)

Link.

Innuendo (1991)
 
01. Innuendo
02. I’m Going Slightly Mad
03. Headlong
04. I Can’t Live With You
05. Don’t Try So Hard
06. Ride The Wild Wind
07. All God’s People
08. These Are The Days Of Our Lives
09. Delilah
10. The Hitman
11. Bijou
12. The Show Must Go On
Bonus EP.
01. I Can't Live With You (1997 Rocks Retake)
02. Lost Opportunity (B-Side)
03. Ride The Wild Wind (Early Version With Guide Vocal)
04. I'm Going Slightly Mad (Mad Mix)
05. Headlong (Embryo With Guide Vocal)


Greatest Hits II (1991)
 
01. A Kind Of Magic
02. Under Pressure (Edit)
03. Radio Ga Ga
04. I Want It All (Single Version)
05. I Want To Break Free (Single Mix)
06. Innuendo
07. It's A Hard Life
08. Breakthru
09. Who Wants To Live Forever (Edit)
10. Headlong (Single Version)
11. The Miracle (Early Faded)
12. I'm Going Slightly Mad (LP Edit)
13. The Invisible Man
14. Hammer To Fall (Single Version)
15. Friends Will Be Friends
16. The Show Must Go On (Early Faded)
17. One Vision (Single Version)
18. I Was Born To Love You


Live At Wembley ‘86 (1992)
 
CD 1.

01. One Vision
02. Tie Your Mother Down
03. In The Lap Of The Gods ..
04. Seven Seas Of Rhye
05. Tear It Up
06. A Kind Of Magic
07. Under Pressure
08. Another One Bites The Dust
09. Who Wants To Live Forever
10. I Want To Break Free
11. Impromptu
12. Brighton Rock Solo
13. Now I’m Here

CD 2.

01. Love Of My Life
02. Is This The World We Created
03. (You’re So Square) Baby I Don’t Care
04. Hello Mary Lou (Goodbye Heart)
05. Tutti Frutti
06. Gimme Some Lovin’
07. Bohemian Rhapsody
08. Hammer To Fall
09. Crazy Little Thing Called Love
10. Big Spender
11. Radio Ga Ga
12. We Will Rock You
13. Friends Will Be Friends
14. We Are The Champions
15. God Save The Queen


Made In Heaven (1995)
 
01. It’s A Beautiful Day
02. Made In Heaven
03. Let Me Live
04. Mother Love
05. My Life Has Been Saved
06. I Was Born to Love You
07. Heaven For Everyone
08. Too Much Love Will Kill You
09. You Don’t Fool Me
10. A Winter’s Tale
11. It’s A Beautiful Day (Reprise)
12. Yeah
13. Untitled Hidden Track
Bonus EP.
01. Heaven For Everyone (Single Version)
02. It's A Beautiful Day (B-Side Version)
03. My Life Has Been Saved (1989 B-Side Version)
04. I Was Born To Love You (Vocal & Piano Version)
05. Rock In Rio Blues (Live B-Side)
06. A Winter's Tale (Cosy Fireside Mix)


At The BBC, 1973 (1995)
 
01. My Fairy King
02. Keep Yourself Alive
03. Doin’ Alright
04. Liar
05. Ogre Battle
06. Great King Rat
07. Modern Times Rock ‘N’ Roll
08. Son & Daughter
 

Link.

Greatest Hits III (1999)
 
01. The Show Must Go On (Queen and Elton John)
02. Under Pressure (Rah Mix)
03. Barcelona
04. Too Much Love Will Kill You
05. Somebody To Love (Five Live version with George Michael)
06. You Don’t Fool Me
07. Heaven For Everyone
08. Las Palabras De Amor
09. Driven By You
10. Living On My Own
11. Let Me Live
12. The Great Pretender
13. Princes Of The Universe
14. Another One Bites The Dust
15. No-One But You
16. These Are The days Of Our Lives
17. Thank God It’s Christmas


Queen On Fire: Live At The Bowl 1982 (2004)
 
CD 1.

01. Flash
02. The Hero
03. We Will Rock You
04. Action This Day
05. Play The Game
06. Staying Power
07. Somebody To Love
08. Now I´m Here
09. Dragon Attack
10. Now I´m Here
11. Love Of My Life
12. Save Me
13. Back Chat

CD 2.

01. Get Down Make Love
02. Guitar Solo
03. Under Pressure
04. Fat Bottomed Girls
05. Crazy Little Thing Called Love
06. Bohemian Rhapsody
07. Tie Your Mother Down
08. Another One Bites The Dust
09. Sheer Heart Attack
10. We Will Rock You
11. We Are The Champions
12. God Save the Queen

Link.

Queen + Paul Rodgers - Return Of The Champions (Live 2005) 
CD 1.

01. Reaching Out
02. Tie Your Mother Down
03. I Want To Break Free
04. Fat Bottomed Girls
05. Wishing Well
06. Another One Bites The Dust
07. Crazy Little Thing Called Love
08. Say It's Not True
09. '39
10. Love Of My Life
11. Hammer To Fall
12. Feel Like Makin' Love
13. Let There Be Drums
14. I'm In Love With My Car
15. Guitar Solo
16. Last Horizon

CD 2.

01. These Are The Days Of Our Lives
02. Radio Ga Ga
03. Can't Get Enough
04. A Kind Of Magic
05. I Want It All
06. Bohemian Rhapsody
07. The Show Must Go On
08. All Right Now
09. We Will Rock You
10. We Are The Champions
11. God Save The Queen


Live In Montreal, 1982 (Bootleg 2007)
 
01. We Will Rock You
02. Let Me Entertain You
03. Play the Game
04. Somebody to Love
05. Killer Queen
06. I’m in Love With My Car
07. Get Down, Make Love
08. Save Me
09. Now I’m Here
10. Dragon Attack
11. Love of My Life
12. Under Pressure
13. Keep Yourself Alive
14. Drum Solo
15. Guitar Solo
16. Crazy Little Thing Called Love
17. Jailhouse Rock
18. Bohemian Rhapsody
19. Tie Your Mother Down
20. Another One Bites the Dust
21. Sheer Heart Attack
22. We Will Rock You
23. We are the Champions
24. God Save the Queen


Queen + Paul Rodgers - The Cosmos Rocks (2008)
 
01. Cosmos Rockin
02. Time To Shine
03. Still Burning
04. Small
05. Warboys
06. We Believe
07. Call Me
08. Voodoo
09. Some Things That Glitter
10. C-Lebrity
11. Through The Night
12. Say It’s Not True
13. Surf’s Up…School’s Out
14. Small (Reprise)


Singles Collection Vol. 1 (2008)
 
CD 1.

01. Keep Yourself Alive
02. Son And Daughter
 

CD 2.

01. Seven Seas Of Rhye
02. See What A Fool I've Been
 

CD 3.

01. Killer Queen
02. Flick Of The Wrist
 

CD 4.

01. Now I'm Here
02. Lily Of The Valley
 

CD 5.

01. Bohemian Rhapsody
02. I'm In Love With My Car
 

CD 6.

01. You're My Best Friend
02. '39 

CD 7.

01. Somebody To Love
02. B/W White Man
 

CD 8.

01. Tie Your Mother Down
02. You And I
 

CD 9: Queen's First EP. 

01. Good Old Fashioned Lover Boy
02. Death On Two Legs (Dedicated To...)
03. Tenement Funster
04. White Queen (As It Began)
 

CD 10.

01. We Are The Champions
02. We Will Rock You
 

CD 11.

01. Spread Your Wings
02. Sheer Heart Attack
 

CD 12.

01. Bicycle Race
02. Fat Bottomed Girls
 

CD 13.

01. Don't Stop Me Now
02. In Only Seven Days
 


Singles Collection Vol. 2 (2009)
 
CD 1.

01. Love Of My Life (Live)
02. Now I'm Here (Live)

CD 2.

01. Crazy Little Thing Called Love
02. We Will Rock You (Live)

CD 3.

01. Save Me
02. Let Me Entertain You (Live)

CD 4.

01. Play The Game
02. A Human Body
 

CD 5.

01. Another One Bites The Dust
02. Dragon Attack
 

CD 6.

01. Flash's Theme  A-K-A Flash
02. Football Fight
 

CD 7.

01. Under Pressure (Queen & David Bowie)
02. Soul Brother
 

CD 8.

01. Body Language
02. Life Is Real
 

CD 9.

01. Las Palabras De Amor (The Words Of Love)
02. Cool Cat
 

CD 10.

01. Calling All The Girls
02. Put Out The Fire
 

CD 11.

01. Back Chat
02. Staying Power
 

CD 12.

01. Radio Ga Ga
02. I Go Crazy
 

CD 13.

01. I Want To Break Free
02. Machined (or Back To Humans)


Rock You From Rio: Live Rock In Rio 1985 (2009)
 
01. Tie Your Mother Down
02. Seven Seas Of Rhye
03. Keep Yourself Alive
04. Liar
05. It's A Hard Life
06. Now I'm Here
07. Is This The World We Created
08. Love Of My Life
09. Brighton Rock
10. Hammer To Fall
11. Bohemian Rhapsody
12. Radio Ga-Ga
13. I Want To Break Free
14. We Will Rock You
15. We Are The Champions
16. God Save The Queen

Link.

Singles Collection Vol. 3 (2010)
CD 1.

01. It's A Hard Life
02. Is This The World We Created?
 

CD 2.

01. Hammer To Fall (Edit)
02. Tear It Up
 

CD 3.

01. Thank God It's Christmas
02. Man On The Prowl
03. Keep Passing The Open Windows
 

CD 4.

01. One Vision (Single Version)
02. Blurred Vision
 

CD 5.

01. A Kind Of Magic
02. A Dozen Red Roses For My Darling
 

CD 6.

01. Friends Will Be Friends
02. Princes Of The Universe
 

CD 7.

01. Pain Is So Close To Pleasure
02. Don't Lose Your Head
 

CD 8.

01. Who Wants To Live Forever
02. Forever (Piano Version)

CD 9.

01. One Year Of Love
02. Gimme The Prize (Kurgens Theme)

CD 10.

01. I Want It All (Single Version)
02. Hang On In There
 

CD 11.

01. Breakthru
02. Stealin'
 

CD 12.

01. The Invisible Man
02. Hijack My Heart
 

CD 13.

01. Scandal
02. My Life Has Been Saved
 


Singles Collection Vol. 4 (2010)
 
CD 1.

01. The Miracle
02. Stone Cold Crazy (Live From The Rainbow, London 1974)
 

CD 2.

01. Innuendo
02. Bijou
 

CD 3.

01. I'm Going Slightly Mad
02. The Hitman
 

CD 4.

01. Headlong
02. All God's People
 

CD 5.

01. The Show Must Go On
02. Queen Talks
 

CD 6.

01. Bohemian Rhapsody
02. These Are The Days Of Our Lives
 

CD 7.

01. Heaven For Everyone (Single Version)
02. It's A Beautiful Day
 

CD 8.

01. A Winter's Tale
02. Rock In Rio Blues (Live)

CD 9.

01. Too Much Love Will Kill You
02. I Was Born To Love You
 

CD 10.

01. Let Me Live
02. We Will Rock You (Live)
03. We Are The Champions (Live)

CD 11.

01. You Don't Fool Me (Edit)
02. You Don't Fool Me
 

CD 12.

01. No One But You (Only The Good Die Young)
02. We Will Rock You (The Rick Rubin 'Ruined' Remix)
03. Gimme The Prize (Instrumental Remix For 'The Eye')

CD 13.

01. Under Pressure (Rah Mix) (Radio Edit)
02. Under Pressure (Mike Spencer Mix)
03. Under Pressure (Knebworth Mix)


Deep Cuts: 1973-1976 (2011)
 
01. Ogre Battle
02. Stone Cold Crazy
03. My Fairy King
04. I'm In Love With My Car
05. Keep Yourself Alive
06. Long Away
07. The Millionaire Waltz
08. '39
09. Tenement Funster
10. Flick Of The Wrist
11. Lily Of The Valley
12. Good Company
13. The March Of The Black Queen
14. In The Lap Of The Gods... Revisited


Deep Cuts 2: 1977-1982 (2011)
 
01. Mustapha
02. Sheer Heart Attack
03. Spread Your Wings
04. Sleeping On The Sidewalk
05. It's Late
06. Rock It (Prime Jive)
07. Dead On Time
08. Sail Away Sweet Sister
09. Dragon Attack
10. Action This Day
11. Put Out The Fire
12. Staying Power
13. Jealousy
14. Battle Theme


Deep Cuts 3: 1984-1995 (2011)
 
01. Made In Heaven
02. Machines (or 'Back To Humans')
03. Don't Try So Hard
04. Tear It Up
05. I Was Born To Love You
06. A Winter's Tale
07. Ride The Wild Wind
08. Bijou
09. Was It All Worth It
10. One Year Of Love
11. Khashoggi's Ship
12. Is This The World We Created...?
13. The Hitman
14. It's A Beautiful Day (Reprise)
15. Mother Love


Live At The Rainbow: 1974 (2014)
 
CD 1: March 1974.

01. Procession
02. Father To Son
03. Ogre Battle
04. Son and Daughter
05. Guitar Solo
06. Son and Daughter (Reprise)
07. White Queen (As It Began)
08. Great King Rat
09. The Fairy Feller's Master-Stroke
10. Keep Yourself Alive
11. Drum Solo
12. Keep Yourself Alive (Reprise)
13. Seven Seas of Rhye
14. Modern Times Rock 'n' Roll
15. Jailhouse Rock
Stupid Cupid
Be Bop a Lula 
16. Liar
17. See What a Fool I've Been

CD 2: November 1974.

01. Procession
02. Now I'm Here
03. Ogre Battle
04. Father To Son
05. White Queen (As It Began)
06. Flick of the Wrist
07. In the Lap of the Gods
08. Killer Queen
09. The March of the Black Queen
10. Bring Back That Leroy Brown
11. Son and Daughter
12. Guitar Solo
13. Son and Daughter (Reprise)
14. Keep Yourself Alive
15. Drum Solo
16. Keep Yourself Alive (Reprise)
17. Seven Seas of Rhye
18. Stone Cold Crazy
19. Liar
20. In the Lap of the Gods...Revisited
21. Big Spender
22. Modern Times Rock 'n' Roll
23. Jailhouse Rock
24. God Save the Queen


Forever (2014)
 
CD 1.

01. Let Me In Your Heart Again
02. Love Kills - The Ballad
03. There Must Be More To Life Than This (William Orbit Mix)
04. Play The Game
05. Dear Friends
06. You're My Best Friend
07. Love Of My Life
08. Drowse
09. You Take My Breath Away
10. Spread Your Wings
11. Long Away
12. Lily Of The Valley
13. Don't Try So Hard
14. Bijou
15. These Are The Days Of Our Lives
16. Nevermore
17. Las Palabras De Amor
18. Who Wants To Live Forever

CD 2.

01. I Was Born To Love You
02. Somebody To Love
03. Crazy Little Thing Called Love
04. Friends Will Be Friends
05. Jealousy
06. One Year of Love
07. A Winters Tale
08. '39
09. Mother Love
10. It's A Hard Life
11. Save Me
12. Made in Heaven
13. Too Much Love Will Kill You
14. Sail Away Sweet Sister
15. The Miracle
16. Is This The World We Created
17. In The Lap Of The Gods...Revisited
18. Forever

Link.

On Air: A BBC Recording 1973-1977 (Live 2016)
 
CD 1.

(BBC Session / February 5th 1973, Langham 1 Studio)
01. My Fairy King
02. Keep Yourself Alive
03. Doing All Right
04. Liar
(BBC Session / July 25th 1973, Langham 1 Studio)
05. See What A Fool I've Been
06. Keep Yourself Alive
07. Liar
08. Son And Daughter
(BBC Session / December 3rd 1973, Langham 1 Studio)
09. Ogre Battle
10. Modern Times Rock 'n' Roll
11. Great King Rat
12. Son And Daughter
 


CD 2.

(BBC Session / April 3rd 1974, Langham 1 Studio)
01. Modern Times Rock 'n' Roll
02. Nevermore
03. White Queen (As It Began)
(BBC Session / October 16th 1974, Maida Vale 4 Studio)
04. Now I'm Here
05. Stone Cold Crazy
06. Flick Of The Wrist
07. Tenement Funster
(BBC Session / October 28th 1977, Maida Vale 4 Studio)
08. We Will Rock You
09. We Will Rock You (Fast)
10. Spread Your Wings
11. It's Late
12. My Melancholy Blues
 


Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

84 comentários :

  1. Banda fenomenal. Adoro o trabalho do May, o Freddie tem uma voz incrível e Taylor&Deacon fazem uma cozinha ótima!

    ResponderExcluir
  2. Mais uma ótima discografia!!

    ResponderExcluir
  3. parabéns vc faz um excelente blog!!!!
    muito obrigada pela descografia do Queen *-*
    que eh uma banda sensacional...

    ResponderExcluir
  4. Freddie mercury uma das vozes mais incriveis que ja ouvi,Queen é eterno vlw pela discografia

    ResponderExcluir
  5. de onde saiu esse GH IV?a neeem!!mais tirando isso perfeito o artigo da maior banda de todos os tempos,parabens!

    ResponderExcluir
  6. Gabrie a internet tem de tudo, bobeiras, pedofilia, virus, propagandas insuportaveis, e também informações úteis.

    É só procurar que acha.

    http://www.lastfm.com.br/music/Queen/Greatest+Hits+IV

    ResponderExcluir
  7. Parabens amigo pela criação do blog. Sou fã da Banda Queen desde 1981 quando recebi de alguns colegas da escola alguns discos para ouvir. Naqueles dias er mesmo dificil encontrar todos os discos. Seu trabalho de catalogação realmente é de admirar. Abraços e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  8. Sem Duvida a melhor banda de todos os tempos pessoal , freddie mercury É sem duvida o DEUS DE TODOS OS VOCALISTAS !QUEEN E FREDDIE MERCURY PARA SEMPRE ! THERE CAN BE ONLY ONE FREDDIE MERCURY

    ResponderExcluir
  9. Victor Gomes24/08/2011 16:58

    Obrigado Alex.
    Eu só baixo musica no seu sitio, afinal de contas aqui tem tudo.
    xD

    ResponderExcluir
  10. Grande vocal , mediocre guitarrista ,baixo prá tocar bem baixo , bateria pessimo , mas uma grande banda .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O anônimo Escreveu aqui tamanha tolice e não deu a cara pros tapas. Coloca seu nome aqui ô mediocre! rsrsrs...

      Na minha opinião: A guitarra do Queen é uma das mais belas e marcantes da historia do rock pois ela faz uma mistura perfeita de música erudita com hard rock e virou a marca do Queen. É tão bela que chega a emocionar em algumas músicas. A bateria é simples, mas muito firme na pegada e completa o som da banda sem dever nada pra ninguém. O baixo é simples também, porém, tão marcante que é difícil imaginar como seriam algumas músicas sem aquele baixo que conhecemos e adoramos no Queen. O vocal, o único defeito dele... Acho que todos já sabem... Foi o vocalista ter morrido. Mas, pelo menos, ele deixou sua belíssima voz marcada na história do rock pra sempre e acho que dificilmente Freddie Mercury seria tão conhecido se não fosse a presença de Brian May, John Deacon e Roger Taylor na vida dele. O Queen já virou uma lenda do rock e já eternizou o nome na história e não vai ser as críticas medíocres contra eles que vai mudar o fato de que o Queen ainda é uma banda fodástica!!

      Um abração e fica com Deus!
      Ramon-Bahia

      Excluir
    2. Pessoas idiotas que nem vc comentam esse tipo de coisa da mair banda de todos os tempos, o Queen dispensa comentários por ser pomposo demais...

      Excluir
  11. Concordo q Freddie era um grande cantor ( um dos melhores),e tenho de concordar com o cara ai q falo q may é um baita enganador , Taylor é um batera q não entraria na lista dos 5000 melhores de todos os tempos e Deacon baixista ninguém sabe quem é , tipo do cara q não faz falta , qq um daria conta melhor q ele . Mas a vdd é q juntos fizeram uma bandaça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, tem razão, o May é tão "enganador", que além de tocar diversos instrumentos como em Bring Back That Leroy Brown, Dreamers Ball, '39 (que ele também canta) além da guitarra e das brilhantes composições, também foi uma das principais atrações do fechamento das riOlimpíadas de Londres em 2012, mesmo 21 anos após a banda ter "acabado", com a morte do Freddie. Então, acho que você deveria pesquisar um pouco mais e conhecer a banda e o trabalho individual de cada artista antes de falar. Mesmo sem o Freddie, o Brian e o Roger (que também canta, compõe e tem uma participação indispensável nas músicas apenas com a bateria, como em "All Dead, All Dead") ainda fazem turnês pelo mundo, seja com Paul ou com Adam. Há pouco, um musical em homenagem ao Queen denominado We Will Rock You, UK, desfez-se após anos na ativa. Fora que, não consigo imaginar uma música do Queen que o baixo do Deacon seja descartável.
      Portanto, acho melhor você se orientar antes de falar das maiores lendas do Rock, ou pelo menos na minha opinião. Você pode até achar que existem melhores, mas não admito que fale sem conhecer cada um. Duvido que, antes de ler aqui, você sabia da existência da Smile. Então se orienta e toma conhecimento antes de querer falar dos ídolos de milhões de pessoas. Até porque, eles são mundialmente conhecidos sendo "enganadores", e você é tão lixo que vem em ANÔNIMO falar deles.

      Excluir
    2. Michel - Manaus/AM
      Tende respeitar esses caras, eles foram e ainda são considerados os maiores do Rock mundial. Não há mais nada o que falar.

      Excluir
  12. Muito bom a discografia!
    Pena que depois de me alegrar com tamanho deleite, sou obrigado a ler um post sujo e grotesco de um cara chamando o guitarrista do queen de medilcre, o alex devia recusar tamanhas grosserias, em respeito as que estao aqui baixando da banda.
    "patrik disse tudo"

    ResponderExcluir
  13. Os caras que fizeram comentários aqui, dizendo que os instrumentais do Queen são ruins, provavelmente nunca viram um show dos caras ao vivo. Com certeza são amantes do rock trash, aqueles caras que só sabem fazer barulho com os instrumentos. Vejam algum show ao vivo do Queen,ok? depois venham criticar.

    ResponderExcluir
  14. Valew
    ...grande post....

    ResponderExcluir
  15. Agradecido pelo post. Eu entendo os críticos dos músicos do Queen. São virtuoses que tocam para a banda e não em nome do seu ego. Mas enfim, se alguns preferem futilidade ao invés de musicalidade, paciência. Reiterando, parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  16. Adorei esse post do Queen! Em minha humilde opinião, a melhor banda que existiu!!! Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  17. MUITO BOM, ALEX! Queen é uma das melhores bandas do mundo, e uma das minhas preferidas. Aliás, quem não gosta?

    ResponderExcluir
  18. Muito bom aquele Innuendo, principalmente The Show Must Go On.

    Parabéns Alex

    ResponderExcluir
  19. esta bamda e expetacula voces estão de parabes este blog e moito legal.moysa costa

    ResponderExcluir
  20. muito obrigada pela discografia, queen sempre foi e sempre será a melhor banda de rock do mundo.

    ResponderExcluir
  21. Rapazes...Eu Não Sou Muito Fã do Queen,mas gosto de alguns albuns: jazz,news,opera,e até o the game..
    Mas dizer qe os caras eram maus instrumentistas? isso eles não eram,aguitarra de May pode ser simples,mas é marcante,concordo que abateria de taylor não seja lá essas coisas,mas encaixa bem na banda,vide Beatles,é uma boa Banda,mas com um baterista péssimo,Ringo. (Acredite,Sou Fã de Beatles,Led Zeppelin & Stones)
    Despeito é muito Feio,inveja também,pra mim não houve banda que reproduzisse tão bem tudo o que fazia no estúdio, ao vivo, como o Queen. Eles podem ser rotulados de comercial,etc,mas são contagiantes e eram muito bons,só minha opinião...

    Mikaedo@Zppelin@Gmail

    ResponderExcluir
  22. Eu tinha que vir aqui comentar. Nossa, estou tão feli em encontrar um site que lute para manter viva a música de verdade! Gostaria de agradecer a vocês por manterem um blog tão interessante como esse no ar, sei que não deve ser fácil, mas estão de parabéns.

    ResponderExcluir
  23. Queen dos 70's é DA PESADA!

    ResponderExcluir
  24. Vocês merecem um busto. Esse material é simplesmente incrível. PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  25. Alex, você é duro na queda, hein. Rsrsrs... Aos poucos o Muro está voltando a ser de novo o paraíso dos rockeiros de plantão. Rsrsrs... Não tenho palavras pra agradecer por sua imensa contribuição ao rock e aos downloads livres. Meu rei, você merece o prêmio Nobel. Rsrsrs... Valeu por tudo Alex e muito obrigado por mais uma discografia histórica.

    Um abração e fica com Deus!
    Ramon-Bahia

    ResponderExcluir
  26. Grande Alex!!!!

    ResponderExcluir
  27. alex vim conhecer seu site atraves de um maigo e ele estava certo melhor site para quem curti um rock roll de verdade!
    parabens

    ResponderExcluir
  28. SIMPLESMENTE FODA! Excelente trabalho cara!

    ResponderExcluir
  29. EU AMO O QUEEN!!!
    muito obrigado pelo material que eu encontrei aqui, muito bom o seu blog Alex!
    Freedie será sempre o melhor cantor de todos os tempos pra mim!

    ResponderExcluir
  30. LILIAN MERCURY11/09/2012 15:44

    Qria te agradecer pelo excelente trabalho.Já tinha baixado todos os cds,perdi meu pendrive e agora baixei tdo de novo.Amo Queen e Led Zeppelin e já baixei tdo.Valeu...

    ResponderExcluir
  31. Fantastic blog!
    Thank you very much for all the good music you share with us.
    Absolutely amazing work brother!

    ResponderExcluir
  32. Queen a maior banda da história

    ResponderExcluir
  33. isso aqui é simplesmente INCRIVEL!!!!!!

    ResponderExcluir
  34. Fantastico!
    You're The Master Muro.
    Thank you very much amigo.

    ResponderExcluir
  35. Superb post.
    Thank you very much again my friend.

    ResponderExcluir
  36. bendito seja toda a equipe desse blog, pois se não é o unico,
    é um dos, que disponibiliza os arquivos sem nemhuma exigencia
    para aqueles que nem sempre tem R$-30 para dar num cd.
    que DEUS proteja esse blog dos olhos dos maus feitores.
    jose de sousa

    ResponderExcluir
  37. OBRIGADO MAIS UMA VEZ PELA DISCOGRAFIA
    E QUE O BLOG CONTINUE A NOS TRAZER ESSAS RARIDADES
    NOTA 1000 PRA VOCES VLW...

    ResponderExcluir
  38. gracias exelente el esfuerzo de los discos un abrazo

    ResponderExcluir
  39. Gracias que blog tan exelente, que se siga manteniendo asi, como recomendacion se use solo el zyppishare.

    ResponderExcluir
  40. nem sei como agradecer por todas as discografias que ja baixei por aqui, vlw

    ResponderExcluir
  41. Galera, muito bom esse blog, excelente postagem, vamos colaborar ae pessoal!

    ResponderExcluir
  42. nossa eu nao sabia que o queen tinha todas essas discografia eu que colecionava seus discos percebir nesse site que faltava muito mesmo pra mim completar todos rsrsrs muito bom galera

    ResponderExcluir
  43. seu blog é muito bom parabéns ,queen pra mim é uma das escelentes bandas umas das minhas +preferidas obrigado

    ResponderExcluir
  44. Parabéns pessoal, excelente trabalho pois fazia tempo que eu procurava algo assim.

    ResponderExcluir
  45. William Schmidt Vieira dos Santos03/03/2014 00:24

    Alex, vc tem toda minha admiraçao... manter o Muro nao deve ser nem um pouco fácil...
    Assim como eu, muitas pessoas sao gratas a vc e ao seu trabalho...
    Vc nao construiu apenas um blog, mas sim um Legado.

    ResponderExcluir
  46. Meu deus do céu. Alex, eu não te conheço. Muito provalvelmente nunca irei te ver pessoalmente. Mas você não sabe como você me deixou feliz com esse trabalho sensacional. Continue promovendo a cultura e o compartilhamento de informação na sociedade. Muito obrigado pelo excelente serviço prestado.

    ResponderExcluir
  47. Wagner Brito16/03/2014 23:02

    Cara... Cara... Caraaa rs! Aprendi a gostar deles agora depois que vi a interpretação da música Under Pressure no filme "Se enlouquecer não se apaixone". Já baixei os albuns e, quando ouço as músicas, dá a impressão que eu estava lá, ao vivo nos shows. Putz, quem me dera ter 18 ou 19 naquela época rsrs. Parabéns por deixar viva a memória deles... R.I.P Fred

    ResponderExcluir
  48. Eu tenho mesmo que agradecer ao Alex. Graças a ele, pude baixar as discografias dos Beatles, do Who, dos Kinks, dos Hollies, do Led Zeppelin, de Simon & Garfunkel..... E agora estou baixando Queen, Pink Floyd e Ramones, tudo aqui pelo Muro. VALEU, ALEX!

    ResponderExcluir
  49. MEEEEEEEEEEEEEEEEEO DEOOOS! kkk
    Meus parabens cara, tudo que eu precisava!
    Simplesmente INCRIVEL.
    Se tivesse como anunciar este blog cara.
    Vou dar uma ajuda e postar o link no face vlw!!!!

    ResponderExcluir
  50. Eis neste blog um dos trabalhos mais perfeitos da História imensurável do Rock N' Roll. Queen, como dissera Freddie Mercury, soa esplêndido, do tamanho real desta banda. Individualmente, uma lenda no vocal, um guitarrista de imensa qualidade, um baterista imprevisível e um baixista excelente. No conjunto da obra, uma das maiores e melhores bandas da História. Um gigante, um titã, uma lenda chamada Queen. Agradeço profundamente os serviços prestados pelo Sr. Alex, o qual leva o melhor da música para os nossos ouvidos diariamente. God Save the Queen!

    ResponderExcluir
  51. Nunca vou cansar de elogiar e agradecer esse blog por compartilhar tantos CDs de Rock!

    ResponderExcluir
  52. ao lado do led zeppelin e pink floyd sem dúvida as melhores

    ResponderExcluir
  53. Alex, eu te amo cara!
    Obrigada por postar todos os cds desta inesquecível e melhor banda de todos os tempos!
    Freddy Mercury, lenda!

    ResponderExcluir
  54. geraldo neves28/10/2014 16:35

    baixando disco "novo" do queen live at rainbow 74!!!!!
    valeu Alex!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  55. Eu já tinha baixado algumas coisas daqui, mas quando vi um Cd que ainda nem lançado nas lojas oficialmente (aqui no Brasil só uma rede tinha o Ranbow 74 e mesmo assim esgotou) eu tive que parabenizar.
    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  56. Alex, mais uma vez parabéns pelo trabalho magnífico, não saio mais desta Disneylândia do Rock, abração!!!

    ResponderExcluir
  57. Jayme da costa, Maceió, AL02/04/2015 21:24

    Maravilhosa postagem... Só posso agradeçer, e muito... Mais uma vez me indentífico com o Muro, pois vejo à simplicidade entre nós...

    ResponderExcluir
  58. Ouvir Queen já é bom, mas em 320, putz, é demais, cara. Valeu Alex!

    ResponderExcluir
  59. Amazing blog...you're the king.....bow down...bow down......

    ResponderExcluir
  60. Fenomenal....thanks

    ResponderExcluir
  61. Gosto dos albums news of the world,jazz,night the opera,hot space e the game (1980),interessante e que nesse album ha uma musica semelhante a good time de 1979: (chic),tanto baixo como guitarra:: another bites the dust...

    ResponderExcluir
  62. Belíssimo blog, belíssima banda!
    Obrigado por compartilhar!
    Keep up the good work!

    ResponderExcluir
  63. ...Awesome works of yours on this page. This discography has every link down. So just to let you know. Thanks so much to spread away the rock.

    ResponderExcluir
  64. No que se propunham a fazer para o tipo de música hoje e sempre nunca houve alguém que interpretasse musicas do Queen que lembrem ao menos o Queen no tributo a Freddie Mercury nada chegou aos pés de Freddie e até a banda que ainda existem o som ficou diferente...

    ResponderExcluir
  65. Lee Van Cleif06/01/2016 02:07

    Queen é a melhor banda de rock que já existiu... É impressionante à harmonia dos quatro juntos, o bryan may tem um timbre de guitarra que só ele faz e é maravilhoso, a emoção que a banda passa só com jeito de tocar...e eu to falando isso, sendo que só comecei a ouvir queen quando ja tinha 23 anos, antes eu simplesmente desprezava a banda, gostava de tudo que era rock mas queen ignorava tudo mesmo, nem as mais conhecidas eu queria saber, até que um colega que nao é roqueiro no meio de uma berita me mostrou aquele DVD de clipes da primeira fase que pega de 74 a 80, rapaz quando reparei na postura original de verdafeiros roqueiros que sao, bicho, eu tive que engolir toda a minha falsa idéia sobre eles, aquilo foi um tapa nacara, logo o primeiro clipe, bohemia rhapsody, bicho, na hora penssei essa é a banda...daí em diante fui atraz das coisas, fui num e cmprei 5 vini s, the miracle, a nigth at the opera, the works, news of the word e flash gordom, e até hoje mantenho o mesmo sentimento pela banda, com convicção que eles eram os melhores, é muito legal à uniao deles e a forma como eles se aceitavam, sendo eles bem diferentes, e os albuns sao quase todos perfeitos, eu só nao hosto muito de 3 deles quee1973, hot space e rhe works, mas com certeza nao sao ruins, qualquer pessoa que escutar qualquer disco do queen vai adimirar o trabalho, e quem nao gosta vai gostar, no minimo uns 8 albuns do queen sao classicos eternos da história do rock, é muita coisa, e nem vou comentar sobre a maior figura carismatica e enigmatica do rock, freddi mercury é simplesmente inimaginavel, mas isso é outra história, o queen nao é só uma banda é um conjunto de amigos amantes da música, que nos deram pérolas preciosas do rock n roll.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, uma das maiores bandas da história!!
      Queen e Led Zeppelin, duas super bandas formadas só por gênios.
      Achei interessante seu comentário porque eu também já tive esse sentimento em relação ao Queen, acho que pelo fato das músicas mais pop fazerem mais sucesso, a gente acaba julgando a banda sem conhecê-la de verdade. Mas depois de ouvir a discografia é impossível não se apaixonar por essa banda não é?
      Viva o rock!! Viva o Queen!!

      Excluir
    2. Lee Van Cleif13/01/2016 18:17

      Fico feliz em ver sua resposta ou o seu comentário, e por voce ser fã do queen, é verdade, antigamente se tihha uma impressão falsa sobre, o queen, e sem duvida por causa do pop da banda, mas o legal é que o queen tocava hard rock de primeira linha e juntava tudvo com pop da melhor qualidade e as baladas emocionantes, só queen sabe fazer isso valeu Diego, de que cidade voce é?

      Excluir
  66. Eu gostaria de dizer que o site é simplesmente maravilhoso!!!
    De fato nunca vi nenhum site com discografias completas de muitas bandas de rock, e com bastante informação sobre as bandas, os links todos funcionando muito bem. E é difícil encontrar um site que oferece todo esse material grátis para download, ainda mais em tempos de boicote a pirataria. Vcs estão de parabéns pela iniciativa e trabalho.

    ResponderExcluir
  67. muito bom!
    parabéns pelo trabalho de disponibilizar a discografia do Queen que sem duvidas é uma das melhores bandas de todos os tempos eternizada pela voz marcante do Freddie Mercury.
    vlwwwwwwww

    ResponderExcluir
  68. muchasgracias me llevo los discos de estudio tremendo esfuerzo para una de las mejores bandas se lo merece.fernando de valparaiso chile lo agradece

    ResponderExcluir
  69. Seu trabalho é - como sempre - genial, e sempre dou um pulo por aqui. Acredite, tenho um CD do Queen, Rarities 1970-1977, lançado pela Pigs Record em 1994. São 4 faixas gravadas em estúdio (Doing All Right, Blag, April Lade e Polar Bear), ainda do Smille com Tim Staffell. O que mais chama a atenção neste CD são as performances ao vivo de Father to Son, Ogre Battle, Son and Daugther (tem 7:33 minutos com frases de guitarra que Brian usou depois, em Brighton Rock), Seven Seas of Rhye e Modern Times Rock'n Roll.

    Enfim, é sempre legal encontrar mais gente que aprecie o trabalho desta banda.

    Abração!

    ResponderExcluir
  70. brian may de tao bom deu sua contribuiçao ao disco paranoid do black sabbath

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não foi no paranoid não amigo, ele tocou no Headless Cross.

      Excluir
  71. GRan banda de rock, muchas gracias

    ResponderExcluir
  72. Thank you very much finally i found some rarities

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.